fita vermelha

Postar foto: Amtsstube | © Shutterstock

Mesmo mais de 70 anos de paz na Europa também tem um lado negativo, a saber, que conosco sem interrupções e rupturas, o molde oficial pode realmente se desdobrar e atingir dimensões sem precedentes.

Há pelo menos 40 anos que conhecemos este fato e os perigos associados para o Estado e a sociedade – para não falar das pessoas afetadas. E desde então estamos fechando os olhos e deixando a burocracia continuar relinchando.

O fato é, e já afirmei isso várias vezes aqui, que nós humanos simplesmente precisamos de burocracia e administração para podermos funcionar como uma sociedade - ao longo de milhares de anos temos provado repetidamente que todos os outros modelos de convivência humana falham impiedosamente.

Até agora, no entanto, sempre foi bastante natural que guerras, revoluções ou outras crises sociais significassem que nós, humanos, tivéssemos que começar tudo de novo com a burocracia - nossa própria finitude como a salvação de toda vida e sistema!

O que é novo para todos nós, no entanto, é que a burocracia não se renova depois de algumas décadas como “outros seres vivos”, mas agora está assumindo características eternas e não apenas se sentindo muito confortável como instituição, mas também assumindo formas cada vez mais abstrusas. Sem dúvida, aqueles que estão em casa neste sistema não serão mais capazes de reconhecer essas esquisitices - isso também é um fato bem conhecido.

Todas as tentativas de deter esse desenvolvimento errôneo já falharam nas primeiras tentativas nas últimas décadas. Mais uma vez, precisamos de uma burocracia que funcione a bons 80% para poder sobreviver como sociedade. Não quero deixar de mencionar que algumas pessoas também estão especulando que o pior não seria a falta de burocracia, mas uma que funcione 100% – mas esse não é o assunto de hoje.

Também é fato que nossas administrações, independentemente do nível, assumiram dimensões que não são mais gerenciáveis. Eles há muito ultrapassaram o tamanho que agora lhes permite manter-se vivos e ocupados sem o resto da sociedade.

E o resto da sociedade está cada vez mais reclamando, pois esse resto deve sofrer e sofrer os efeitos negativos, que são inúmeros – originalmente pretendia trazer um exemplo muito recente do meu trabalho voluntário, mas depois tive que pensar em todos aqueles cujos próprios meios de subsistência profissionais e pessoais são irreversivelmente destruídos pela nossa loucura burocrática e que fique por enquanto.

Meus leitores do weblog estão em tal posição na vida que podem fornecer exemplos próprios suficientes e provavelmente muito mais drásticos do que minhas próprias experiências voluntárias atuais!

Então vou encurtar meu post e tirar minhas próprias conclusões. Temos de salvar a nossa burocracia e os nossos concidadãos presos nela. E podemos, pelo menos por enquanto. No entanto, se não fizermos isso o mais rápido possível, então uma das duas soluções burocráticas entrará em vigor: ou a administração toma 100% de toda a sociedade e isso consiste apenas em administração, ou a sociedade desmorona sob o peso da nossa administração e também não merece que ela seja administrada por ela – os filósofos podem reconhecer a imagem do homem agora imanente em nossas administrações.

A solução para todos é:

  • 100% de transparência na todos questões administrativas;
  • uma digitalização total de nossas administrações;
  • uma seleção permanente dos melhores entre o pessoal administrativo;
  • uma revisão bienal de todos os cargos quanto à necessidade e eficácia;
  • um prazo para todos os processos administrativos, normas e medidas emitidas.

Tenho plena consciência de que ainda há muitas outras coisas que precisam ser resolvidas para que possamos mais uma vez ter a administração de que realmente precisamos e também podemos pagar.

Finalmente, minha declaração de abertura novamente: não podemos existir sem administrações (funcionantes).


"A única coisa que nos salva da burocracia é a ineficiência. Uma burocracia eficiente é a maior ameaça à liberdade."

Eugene McCarthy, revista Time (12 de fevereiro de 1979)

pensamentos 3 sobre "fita vermelha"

    1. Eu vejo diferente, nem o mercado nem a "sobrevivência do adaptado" salvarão nossa burocracia. A terceirização também piorou muitas coisas.

      No entanto, a reintrodução da idoneidade, desempenho e competência em nossas administrações certamente não prejudica.

Postar um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com * marcado