Discurso no ponto de encontro Europa 2012

5
(1)

Postar foto: Dra. Manfred Weinmann na recepção do OB 2005

Prezado Senhor Prefeito, Senhoras e Senhores,

Como europeu confesso e presidente da Heilbronn EUROPA-UNION, escusado será dizer que estou a apelar a “mais Europa” nestes tempos difíceis para todos nós. Mais Europa para resolver muitos dos nossos problemas actuais juntamente com os cidadãos dos nossos países vizinhos e para podermos enfrentar melhor os desafios futuros em conjunto.

Como cidadão da União que trabalha actualmente em Bruxelas a tentar navegar nesta força burocrática, só posso fazer menos exigências a Bruxelas.

Isso só inicialmente parece ser uma contradição em termos. Olhando mais de perto, porém, é preciso admitir que o apelo por mais Europa não deve ser confundido com um apelo ao centralismo, à burocracia e ao nivelamento.

Não é à toa que nós, federalistas europeus, tivemos o lema “unidos na diversidade” inscrito nos tratados europeus e nunca – pelo menos que eu saiba – exigimos uma capital europeia.

Nossos problemas atuais e desafios futuros não podem e não serão resolvidos em Bruxelas, Paris ou Berlim; na melhor das hipóteses acumulados, administrados e repassados ​​aos nossos filhos! A solução para os nossos problemas cabe exclusivamente aos cidadãos das cidades e vilas da Europa.

A ideia europeia nos mostra o objetivo comum e especifica os valores e ideais segundo os quais devemos alinhar nossas ações. Democracia, federalismo, subsidiariedade e solidariedade são as receitas que, se aplicadas por todos nós, salvarão a Europa e os seus cidadãos.

Solidariedade não significa, no entanto, que todos pulem atrás de alguém que decida afundar - mas sim ajudá-los assim que eles embarcarem no caminho da recuperação.

Nós aqui em Heilbronn estamos no caminho certo, estamos tentando viver a Europa e amanhã no 23º Meeting Point Europe vocês podem ver por si mesmos.

Para terminar, gostaria de agradecer a todos os intervenientes e apoiantes da EUROPA-UNION e das suas associações parceiras e desejar aos nossos políticos a coragem de viver os ideais europeus e não sucumbir à tentação do centralismo, da burocracia e do nivelamento.


"Se você vai pecar, peque contra Deus, não contra a burocracia. Deus vai te perdoar, mas a burocracia não."

Hyman G. Rickover, no New York Times (3 de novembro de 1986)

Quão útil foi esta postagem?

Clique nas estrelas para avaliar o post!

Classificação média 5 / 5. Número de revisões: 1

Ainda não há comentários. Você também pode comentar este post abaixo.

Lamento que o post não tenha sido útil para você!

Deixe-me melhorar este post!

Como posso melhorar este post?