Meu projeto de minimalismo

Post foto: árvore com banco | © Pixabay

Há quase dois anos eu já tinha mais Morte-Limpeza escrito e descobriu que isso é apenas macabro à primeira vista.

"Na minha opinião, ninguém pode começar a organizar sua própria vida cedo demais, porque no final das contas isso os leva a refletir sobre isso mais de perto e, quem sabe, também mudará seu próprio comportamento de consumidor".

Postagem de modéstia de 25 de janeiro de 2020

Mas então, com todo o barulho da pandemia, perdi tudo de vista novamente. Até agora só consegui me desfazer de algumas associações, contas sociais, sites e alguns carros cheios de livros, além de entregar alguns eletrônicos excedentes.

E puramente devido à pandemia, o número de minhas presenças desnecessárias na Internet aumentou novamente; para que serve essa pandemia.

Para agilizar um pouco, estou começando esse projeto de minimalismo e, como um inveterado "caçador e colecionador", estou tentando me livrar de um item favorito pelo menos uma vez por semana.

Assim que segurei o primeiro item em minhas mãos hoje, o verdadeiro martírio começou, porque em espírito eu ainda era capaz de construir sobre o período pré-pandemia, mas o resto de mim resistiu demais para acompanhar minhas palavras com ações.

Então fiquei muito aliviado quando minha cara-metade, com um comentário feio sobre minha nova ideia, resolveu temporariamente meu conflito interno e me fez abordar o projeto com um pouco mais de cautela.

Portanto, pretendo identificar um item, uma associação ou uma presença na Internet uma vez por semana, que considero repassar, excluir ou descartar.

Então espero que eu me acostume lenta mas seguramente a me livrar do lastro desnecessário. Também é de se esperar que nenhuma outra pandemia fique no meu caminho.

Vou mantê-lo atualizado aqui e aguardo comentários e sugestões de apoio ou talvez "tranquilizadores".

Quem sabe não haverá outros dispostos e aptos a participar desta experiência?


"Não tenha nada em suas casas que você não saiba ser útil, ou acredite ser bonito."

William Morris, "The Beauty of Life", uma palestra para a Sociedade de Artes e Escola de Design de Birmingham (19 de fevereiro de 1880)
Você pode apoiar este weblog no Patreon!

Postar um comentário

Seu endereço de email não será publicado.